terça-feira, 30 de agosto de 2011

...meus amigos estao no Brasil e os conservo...

 Uma conversa com uma parente do meu marido, vou identificar a pessoa com a letra P e eu com a letra M.

P - Voce esta bem aqui né?
M - Sim, mas sinto falta de amigos, ou de uma amiga.
P - Mas pra que? Voce tem o seu marido, pra que amigos?
M - Sim, tenho meu marido, estou bem com ele e nao estou me lamentando, apenas me faz falta uma amiga.
P - Olha minha cara, amigos nao existem.
M - Sim que existem
P -Voce tinha amigos no Brasil?
M . Nao so tinha como ainda os tenho.
P - Quem encontra um amigo encontra um tesouro, voce encontrou um tesouro?
M - Sim, meu amigos no Brasil sao meu tesouro.
P - Mas aqui em uma época também era assim, hoje as pessoas nao tem mais tempo para amigos.
M - Hoje em dia também no Brasil é dificil fazer amigos, mas eu ainda acredito nas pessoas.
P - Quando voce veio morar aqui nao sabia que a tua vida mudaria?
M - Nao estou me lamentando, nao quero minha vida do Brasil aqui, meus amigos estao no Brasil e os conservo, o que me faz falta aqui é vida social. é ter amigos, é poder conversar com outras pessoas.
P- Eu nao tenho amigos e nao me lamento
M - Voce tem uma maneira de pensar diferente da minha, e apesar de dizer que nao tem amigos, o que eu nao acretito por que vejo em voce uma pessoa muito carismatica, voce nasceu aqui, sempre viveu aqui, e quando sai de casa, tem sempre alguém que te conhece, alguém para um ola-bom dia- como vai.

Nenhum comentário: