segunda-feira, 16 de novembro de 2009


51 perguntas para um Blogger
51 perguntas para um Blogger e’ uma coluna do Pensieri e Parole publicada toda segunda feira, a cada semana um novo entrevistado.


Hoje no 51 perguntas para um blogger, vamos ler as respostas da Luma .




Luma, é seguramente uma das blogueiras mais conhecidas da Blogosfera brasileira e não só. Experta, inteligente, amiga, sincera, honesta, leal, são alguns dos adjetivos para definir esta blogueira. Não preciso falar muito, basta ler as 34 entrevistas anteriores a dela e c0nferir que ela foi referencia em quase tosas.



Luma escreve o blog Luz de Luma, yes party!



10 de setembro de 2009 22:17


Entao vamos saber as respostas da Luma para o Questionario do Pensieri e Parole.


1. O que você mudaria do teu ultimo ano de blogging?



Nada, não tenho pensado muito nisto. Por causa de compromissos extra-blogues, tenho diminuído o número de postagens e participação na blogosfera. Se pudesse mudar, seria no sentido de aumentar o tempo dedicado à escrever no blogue.

2. Se o teu blog sumisse, apagasse, fosse deletado, você começaria a blogar do zero?


Sabe que tenho saudades do comecinho do "Luz"? Não existiam rankings, concursos de blogues, votação pra isso ou aquilo, tanta corrida para se ter visibilidade, monetização, blogagens coletivas sem fundamento e tals. A gente blogava pelo simples prazer de blogar. Quer dizer, eu ainda faço isso, blogo por prazer e talvez não voltasse mais com o "Luz de Luma". Talvez voltasse na internet com outros projetos.



3. Se tivesse que escolher uma só maneira de promover o teu blog, qual seria? E porque?


Promover no sentido de dizer para as pessoas que 'Eu tenho um blogue'? hahahaha Se você não tem pagerank e não sabe usar SEO, entre para as comunidades de blogues e redes sociais. Mas indo além de dizer para as pessoas que você tem um blogue, você tem que tornar o seu blogue atraente para aqueles que você quer como leitor.
Se o seu blogue é pessoal, com novidades para amigos e parentes, mande um e-mail avisando da existência dele. Se quer ter um blogue mais abrangente, terá que fazer um trabalho formiguinha, nada é da noite para o dia.
As comunidades de blogues e redes sociais estão aí para cumprir este papel, no sentido de você divulgar um post ou a sua pessoa. A melhor promoção ainda é escrever aquilo que interessa aos seus leitores.
Já os probloggers, precisam se unir a outros probloggers. Blogueiros não são concorrentes e ninguém bloga sozinho. Blogs precisam estar conectados a hubs de redes sociais. É preciso interagir!

4. A tua web rotina matinal inicia às....


Basicamente quando chego no escritório. Como não tenho horário fixo, a rotina online fica atrelada à interferências externas e em alguns dias, chego a não acessar internet. Nesta rotina, o blogue fica por último mesmo!


5. O que não deve faltar na tua escrivaninha?



Um caderno Moleskinne pequeno para desenho, lapiseira com grafite 0.9mm, água, calculadora, chiclete e bolinhas de canela de sassafraz.

6. Comentários moderados, livres ou uma via de meio?


Nunca usei moderados, mas é o caso de se fazer quando o blogue começa a receber comentários que podem comprometer a vida do blogue. Muitos bloggers já foram processados, não por causa de posts, mas por causa de comentários inconsequentes. E por causa disso, já deletei alguns.


7. A Blogosfera é realmente autoreferência?


Você respondeu a pergunta com a sua pergunta, Mei. A Blogosfera é autoreferência apenas para blogueiros. Assim muda o conceito de referência para estudantes de jornalismo, quando jornalistas também blogam. Pessoas comuns tendem a confundir blogues com qualquer outra página da web. Até mesmo alguns blogueiros não sabem a diferença entre blogues e sites com comentários.


8. Recomende 3 blogs formadores de opinião.



Falar em formadores de opinião é um pouco complicado, porque dependendo do que e de quem lê, blogues serão somente (in)formadores de opinião. Mas vamos lá!
Blogues como formadores de opinião dentro da social media são muito poucos no Brasil e que a esse critério some credibilidade e influência? Dentre os que vou citar abaixo, acho que somente um participa efetivamente da grande rede.
O Inagaki é referência para qualquer blogueiro, não somente por suas postagens, mas por sua postura ética na blogosfera. Ele já está inscrito na história da blogosfera brasileira, ajudou a consolidá-la e atualmente participa de vários movimentos nos representando e principalmente: Não nos envergonhando :=)))
Dentro das tribos blogueiras, destaco o Idelber Avelar. Apesar de discordar algumas vezes com o que ele escreve, também é um cara que não nos envergonha e em contrapartida, vou citar uma blogueira que junto com o Idelber e o Inagaki, gostaria de dar uma boa proseada: Lola Aronovich do blogue "Escreva Lola Escreva" - sem preconceitos e com muita opinião.
Acho meio insano da minha parte, citar somente estes três, então vou citar mais outros três, que são autoreferência para mim, que curto muito, muito, muito: Rafael Galvão, Lino Resende e André Marmota.

9. Recomende 3 blogs desconhecidos que vale a pena conhecer.


Desconhecidos, como assim? Vou citar 3 que me fazem lembrar de quando comecei a blogar, mas não são desconhecidos: Ainda MininaMá, Bicha fêmea e Visão Panorâmica.


10. Se o teu blog fechasse amanhã, por que coisa você seria recordado?


Essa pergunta não sou eu que devo responder e sim as pessoas que vierem ler a entrevista. Respondam aí gente!!


11. Um erro grave que você fez blogando.


Não sei se foi um erro. Eu comentei em um post, em que a blogueira reclamava que um troll, a estava perseguindo. Pra quê?! O maledito passou a me torrar e já fazem uns 5 anos que o 'coiso' fica fuçando a minha vida e usando do meu nome por aí. E fica chato, porque eu sei quem é e preferia que não soubesse. Esse episódio me mostrou a índole de muitas pessoas daqui da blogosfera.


12. Você se recorda do post que gerou maior reação?


Sempre tive muita sorte e as minhas postagens sempre tiveram reações positivas. Apenas uma, quando comecei a blogar, em que eu criticava blogueiros que exigiam comentários decentes em suas postagens. Aqueles que dizem "Tenho poucos comentários, mas o pouco que tenho são de qualidade" - eu morro de rir desta afronta aos comentaristas de outros blogues! E fiz uma postagem que tratava basicamente da ditadura dos comentários e se chamava "Faxina Mental, você aceita uma crítica?" - Eu não citei o nome do blogueiro na postagem e ele reagiu, escrevendo enes posts me massacrando. Ah, o blogue dele morreu, deprimido e sozinho.


13. E o mais ridículo?


Ah, Mei! Nem me lembra! Foi da minha participação no "Emo Day". Pessoalmente foi o meu pior post, apesar de que, receber comentários do tipo emo cionante é muito engraçado! "Obrigadinhu por fla sobre o nossu movimentu. ficou muitu Foooofys!!! xauzinhu LuMa."


14. Cita sempre a fonte das imagens que usa?


Sim. Quando não é citada é porque são minhas.


15. Então indique uma boa fonte de imagens.


Tenho uma boa lista de fotográfos, aqui.


16. Muitos posts ao dia pode ser contraprodutivo?



Depende para quem você escreve. Se são para os motores de busca serão producentes, mas isso nada tem a ver com qualidade. Alguns bloggers que fazem monetização tendem a usar palavras chaves para chamar 'clientela' e a qualidade dos posts é bastante discutível.
Falando de blogueiros que não são escritores e do ponto de vista que a maioria não produz 'notícias', justo porque dificilmente possuem 'fonte' - blogues que reportam notícias geralmente copiam de algum lugar, para estes blogueiros aconselho utilizar o twitter.
Ademais, valorizo o blogueiro que pega a notícia e ao invés de postá-la simplesmente, faz sua análise pessoal. Este blogueiro dificilmente postará várias vezes ao dia.


17. Feed, reader?


Uma mão na roda! No navegador e google reader no celular.


18. Ja experimentou podcast e videopost?



Sim. Podcast.

19. Se sim o que você achou?


Eu gosto, mas infelizmente as pessoas passam tão correndo pelos blogues que é super difícil alguém parar para escutar. Eu mesmo, costumo fazer o download dos podcasts que gosto e ouço quando estou malhando.


20. Dica de uma ferramenta interessante.



Para publicação, favoritar e juntar tranqueiras: o Soup e Posterous
Para twittar: Tweetree e Tweeple;
Retaggr - onde você reune todas as suas redes sociais ou melhor todo o seu histórico web. Algo melhor que o me adiciona

21. Twitter. Uma perda de tempo ou um novo horizonte comunicativo?



Os dois, depende por qual motivo você está twittando. É perder tempo, quando você não tem tempo para tal e deixa de lado suas obrigações diárias para ficar lá abobrinhando. Algumas pessoas estão lá o dia todo, porque estão ganhando para isto ou de certa forma promovendo algo, mesmo que sejam mentalidades ou o próprio blogue. O twitter peca por não ter um sistema de tags para você organizar os links que postou, algo semelhante ao delicious. Mas deve ter alguma ferramenta à parte para fazer isto.

22. O microblog sepultou, ou acordou o blog?



Como a blogosfera brasileira não é muito persistente no ato de blogar e adora uma novidade, o microblogging tem deixado os blogues um pouco de lado, mas poderia funcionar em paralelo, como complemento.
O que vejo são blogueiros querendo participar de tudo ao mesmo tempo e quando é para escrever um post, não têm tempo. O excesso de informação, acaba por esvaziar as idéias. A microblogagem, entraria como um comentário curto sobre um determinado assunto, um pensamento ou uma nota curta. Indo mais longe, a microblogagem é para blogueiros preguiços
os ou sem tempo para escrever textos elaborados, sem deixar no prejuízo a comunicação com outros bloggers.

23. O pior evento que você teve que administrar no teu blog?


Nenhum.


24. Para um Blogger, Firefox ou Chrome?



Dos dois, o Firefox.

25. Quanto vai durar a febre Orkut?



A minha passou em menos de dois dias.
O Orkut ainda continua proibido para menores, certo? Neste caso não procedem as reclamações contra ele e sim contra os ir(responsáveis) que não monitoram crianças. Vale lembrar que todos os serviços do google são proibidos para menores de 18 anos.
Reproduzindo a parte do termo que se refere:

2. Aceitação dos Termos(…)
2.3 Não utilizará os Serviços e não aceitará os Termos se (a) não tiver idade legal para assinar um contrato vinculativo com a Google, ou (b) for uma pessoa impedida de receber os Serviços segundo as Leis dos Estados Unidos ou outros Países, incluindo o País onde é residente ou o País a partir do qual utiliza os Serviços.

26. Uma palavra para descrever a blogosfera brasileira.



Ranzinza

27. No Brasil se digo blogger...


Como disse acima, o brasileiro comum não sabe o que é blogger ou blogueiro. Com a criação de blogues em portais ou de famosos alojados em portais, eles confundem com colunas e a definição ficou mais complicada ainda. O Preconceito ainda é grande e temos que dar o braço à torcer para os grandes jornalistas que estão blogando.



28. Você costuma programar seus posts?

Na maioria das vezes.


29. O horário de publicação do post interfere nos comentários?


Não, porque o blogue tem trânsito 24 horas,  por causa dos leitores que moram fora do país.


30. Quantos e-mails relativos ao teu post você recebe por dia?



Muita gente não comenta no blogue, principalmente quem não bloga ou quem recebe os posts por e-mail e prefere comentar por e-mail também. Antes respondia à todos, até mesmo no sistema de comentários do blogue. Se o comentário é um complemento à postagem, um ponto de vista do comentarista, não tenho o que interferir, mas se é uma pergunta, respondo! A média por dia de e-mails que recebo, além dos comentários no blogue, beiram os 30 mais ou menos.

31. Responde a todos?



Como disse acima, somente perguntas. Não faço comentário em cima de comentário.


32. O ultimo investimento econômico que você fez para o teu blog?

Tadinho...


33. Você cuida sozinho do layout do seu blog?


Sim. Se preciso de ajuda ou opinião o Júlio me salva.


34. Melhor um layout grátis, ou sob medida?


Acho estranho usar uma ferramenta gratuita e pagar layout. Prefiro customizar. Mas se fosse uma problogger ou vivesse de blogue, daria uma sofisticada.


35. Mais "bobagens" e' igual a mais "comentários"?



Não, até porque os leitores do luz não são bobagentos. Ah, mas isso não impede de colocar umas bobagenzinhas de vez em quando, só para dar uma animada!

36. O que falta para a Blogosfera brasileira ficar legal?



União.

37. Você ja’ foi clonado?



Sim.

38. Ja' publicaram algo teu sem pedir?



Sim

39. Se sim, o que você fez?


A primeira coisa a fazer é 'lembrar' o plagiador da cópia indevida. Se ele não acatar ou fingir que não está sabendo de nada, você pode reclamar direto na ferramenta - tanto blogger quanto wordpress te dão suporte para isso. Eu só faço post alertando, quando a 'encrenca' é absurda, como no caso do professor que copiou o meu texto e colocou no blogue da escola, daí acho muito disparate e todo mundo tem que saber. Mas teve casos de ligar direto para o portal ou fazer uma visitinha básica na redação.


40. A posição geográfica influencia na maneira de blogar e no relacionamento entre bloggers?



Com a posição geográfica, os interesses mudam, né?

41. Um evento brasileiro ligado ao mundo blogueiro que ninguém poderia perder.


Acho que o único sério do momento é o Social Média Brasil.


42. Ja’ escreveu algum publieditorial?


Não sei se já viu no luz, mas tenho um selinho Ad-free. Nada contra quem queira ganhar uns trocados com o blogue e eu somente faço quando há interesse pessoal.


43. Qual o ultimo post que você escreveu no teu blog antes desta entrevista


Perspectiva


44. O primeiro post que você vai escrever depois desta entrevista?



Quero dar uma força para Ana Reis, uma blogueira que faz trabalho social e quer montar uma biblioteca na comunidade em que vive. Ela precisa de doações de livros, máquinas de costura e móveis, basicamente. Aproveitando o seu espaço, vai a dica para quem queira fazer doações :)

45. A troca de links “como obrigaçao” ainda faz sentido?


Nunca fez sentido pra mim! Não faço 'parcerias'.


46. Quantos links contem o teu blogroll?



Não tenho idéia.

47. Você visita todos?


Leio todos, mas comento somente nos blogues que fazem questão de manter vínculo com o "Luz".



48. Tem algum senso auto promover seus posts nos diversos circuitos e redes sociais?


Pra mim não. Se for pra ligar no automático melhor! Manual, não tenho tempo e tenho a maior preguiça!

49. Uma widget que não deve faltar na tua sidebar.



Retaggr, citado acima.

50. Uma widget você tirou da tua sidebar.



Sempre retiro uma widget, quando vou colocar outra. Já tirei chat, slide, música e um tanto de outras coisinhas que só entulhavam o blogue. Outra coisa que retirei e que não é uma widget, o Snap Shots. Essa coisa me tira do sério! Odeio quando sem querer, repousou o mouse em qualquer lugar e ele aparece. Aquilo é um invasor de textos, uma porcaria! Além de travar o blogue.

51. Um conselho para quem esta’ chegando agora no mundo da blogosfera.


Seja mais você, não tenha vergonha de mostrar suas opiniões e respeite as opiniões alheias. Ah, e cuidado com as aparências - tal qual o mundo real, aqui, nem tudo que reluz é ouro!




Luma.



Recadinho


Não foi combinado, por uma deliciosa coincidência, amanhã dia 17 de Novembro é aniversário da Luma.


Feliz aniversário Luma!


Nenhum comentário: